11.2.09

O que não se escolhe.

Deixei a janela fechada, não me importei com a minha mãe, não brinquei com o meu cachorro e sai de casa atrasada.
Não agradeci. Não sorri o suficiente e a gentileza não alcançava o mínimo.
Fingi que não importava mais, passei uma rasteira na minha vontade de chorar e engoli a seco o que eu tinha pra falar quando senti vontade de te abraçar e dizer que você é a pessoa mais importante do meu mundo!

Trabalhei com a mesma vontade mórbida, assisti as horas se arrastarem num tic-tac infinito. E era enorme a vontade de levantar e correr, correr, correr, correr...

Neste mesmo dia, o meu mundo foi invadido por três pontos finais peito.

"Só escolho como viver todos os meus dias... A forma da qual perecerei não está em minhas mãos"

8 comentários:

so na disse...

eu axei muito interessante ^^
muito bom


http://sonabrisa.nomemix.com/

Deni disse...

parabens..
belas palavras.

lutar sempre..desistir jamais
xD~

essa é a escolha!.
seja lá qual for o caminho
ta convidado a ir no

www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br


sea bm vindo la

Bruno R.Ramos disse...

Ótima postagem... Parabéns

Léo disse...

Não vou ser Hipocrita, eu com certeza adorei sua postagens, tem muito de vc nesses versos, sua vida esta nesses versos junto com seu coração.

Me visite e comente meu poema

http://leozukinho18.blogspot.com/

*** Cris *** disse...

O que não se escolhe apenas viva, mas viva com intensidade!
Bjs e sorrisos coloridos1

Camila Gambetta disse...

adorei o texto!
uma hora a gente acerta a escolha.

bjus

Deni disse...

éoo chamado DESTINO
aijsoiajsiasa

e isso ai q vc citoué uima sensação mto ruim
=/


aaah

...[red]
a Coluna do Lula...
comentários ardilosos e sarcasticos
noticias noticiosas mto válidas
a nova banda de sucesso internacional!
e mto mais em:
[/red][b]
www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br
[/b]abraço e bãum FDs

30 e poucos anos. disse...

Boa narrativa...gostei do texto...a descrição do tempo ficou muito boa