28.4.11

Onde chegar!

Ela sente como se já não pudesse mais chegar a lugar algum.
Com os olhos fechados como se já cansados de olhar.
Com a cabeça doendo como se já cansada de pensar.
Com o corpo pesado como se já cansado de tentar.
Nada disso leva à satisfação.
Ela está cansada de olhar o quê? de pensar como? de tentar o quê?

Mas hoje, neste mesmo dia que sua vida amanheceu sem brilho ela notou que ainda há maneiras de reverter.
O amor e a esperança dedicados ao mundo e aos humanos só trouxeram lágrimas e decepções, é uma vida bem cruel pra quem sempre acreditou que fosse a melhor maneira de ser feliz.

Uma explosão de desumanidade poderá trazer lhe um novo sentido na vida?

5 comentários:

Sinho Luis disse...

gostei do texto
Massa o seu blog!!
Curti mesmo, ta no caminho certo!
Virei sempre agora.
seguindo... passa la no meu e clica nos anúncios ,por favor é só clicar, e se gostar segui e comenta.
=D

Alisson Luis
www.sinholuis.blogspot.com

Marcus Alencar disse...

Deve ser um sentimento solitário esse de já não encontrar sentido nas coisas e assim perder a esperança. No entanto, sinto que essa esperança não está de todo perdida, talvez escondida ali num canto, com medo, esperando que alguém lhe de forças para voar novamente num dia ensolarado.

Sinho Luis disse...

muito mais do q gosatr do blog eu gostei da dona dele
Virei aqui mais vezes =D

Alisson Luis
www.sinholuis.blogspot.com

Patrícia Fagundes disse...

Preciso mesmo ter coragem de recomeçar...como sua personagem...

CAMILA DE ARAUJO disse...

Já senti muito isso!
E confesso que ainda sinto algumas vezes

http://www.papel40kg.com/